21 de julho de 2007

Tragédia aérea

Mais um acidente aéreo na história do Brasil

VIVIANE PETROLI
Blog Fala Sério Mix


Mais uma vez o Brasil se depara com uma tragédia aérea, mais uma vez somos notícia no exterior por causa disso e mais uma vez o medo aumenta de quem precisa utilizar um avião para se locomover.

Na última terça-feira, 17.07, às 18h45min, o Airbus A-320 da TAM, vôo JJ 3054, que havia saído de Porto Alegre/RS com destino ao Aeroporto de Congonhas – São Paulo/SP derrapou ao posar na pista principal do Aeroporto, por sinal recém-reformada, atravessando a Avenida Washington Luís atingindo um posto de combustível e um prédio da TAM Express.

Este acidente acabou se tornando o maior da história da aviação brasileira, com mais de 186 vítimas fatais, fora as que estavam no prédio da TAM, no posto de combustível e passando pelo local no momento. Anteriormente o acidente aéreo mais grave era o que ocorreu no mês de setembro de 2006, onde um Boing da Gol chocou-se com um jato Legacy no interior do Estado de Mato Grosso vitimando 154 pessoas.

Atualmente estamos vivendo um caos aéreo, desde esse acidente com o Boing da Gol, outros (sem vítimas) ocorreram no país, sem contar é claro os atrasos nos aeroportos desde setembro do ano passado.

Muito se é pedido para que o governo tome logo uma providência para que isto seja solucionado, tanto pela população como pela minoria que faz parte da Câmara dos Deputados Federais e Estaduais. Um exemplo é o do deputado federal Júlio Redecker (PSDB-RS), líder da minoria na Câmara Federal, um dos principais defensores da criação da CPI do Apagão Aéreo na Câmara que por ironia do destino acabou tendo sua vida interrompida na noite de terça-feira, 17.07, neste acidente aéreo com o vôo JJ 3054 da TAM.

Confira os piores acidentes aéreos no Brasil nos últimos onze anos de acordo com a relação divulgada pelo site Terra Notícias na última quarta-feira (18.07):

Março de 1996 - o Learjet que levava o conjunto Mamonas Assassinas cai na Serra da Cantareira em São Paulo, depois de tentar aterrissar no aeroporto de Cumbica, matando todos os passageiros e tripulantes.
Outubro de 1996 - um acidente com um Fokker-100 da TAM deixou 99 mortos no Jabaquara, zona sul de São Paulo.
Setembro de 2001 - a despressurização da cabine de um avião da TAM, que fez um pouso forçado no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, causou a morte de uma passageira.
Setembro de 2001 - um avião modelo C-130 Hércules da FAB (Força Aérea Brasileira) bate contra a serra da Tiririca, na região de Niterói, Rio de Janeiro, e explode; nove pessoas morreram.
Fevereiro de 2003 - a queda de um monomotor causa a morte de quatro pessoas em Tapiratiba (289 km ao norte de São Paulo).
Junho de 2003 - a queda de um avião de pequeno porte deixa seis pessoas mortas em Aurora, a cerca de 300 km de Florianópolis.
Setembro de 2006 - um Boeing da Gol se choca com um jato Legacy e cai no Estado de Mato Grosso, resultando na morte de 154 pessoas.

Fazem parte desta relação divulgada pelo site Terra Notícias 33 acidentes aéreos que podemos considerar os piores da história do país. O número de vítimas fatais varia de uma a 154 (Boing da Gol em setembro de 2006).

Resta-nos saber até quando teremos que continuar convivendo com essas tragédias, ultimamente não sabemos se está mais perigoso viajar pela terra ou pelo ar, as nossas estradas andam de mal a pior, esburacadas, sem acostamento, ou seja, intransitáveis. Já no ar temos os problemas de pane nos aviões, o que deveria ser o meio de transporte mais seguro, pois no ar não temos que enfrentar os problemas que enfrentamos na terra.

Muitas vidas foram interrompidas com mais este acidente, mas muitas também, com a benção de Deus, foram poupadas pelo simples fato de terem seu vôo alterado, como no caso da delegação do time do Grêmio que poderia estar neste vôo, porém teve mudança de última hora de rota indo assim para Brasília e de lá para Goiânia.

Um comentário:

Denys disse...

interessante a sua abordagem e lembrar a todos que estes acidentes estão acontecendo há muito tempo. Só agora que o "estopim" estourou.rsrs