13 de julho de 2007

Você sabia...


... que existe mais de um tipo de Credo ou Creio (depende de como a pessoa fala)? É, pode acreditar porque é a mais pura verdade.

De acordo com o Pe. Roberson Sidnei Calegaro, da Paróquia Nossa Senhora da Guia – Colégio Salesiano Santo Antônio, existem vários tipos de credo.

“O credo ao longo da história da Igreja foi sendo modelado para dar respostas aos grandes questionamentos da nossa fé. Em todas as mudanças e acréscimos ocorridos a justificativa é sempre a mesma: responder aos ataques sofridos pela Igreja nas questões teológicas”, conta Pe. Roberson.

Confira a seguir o Credo ou Creio ao qual estamos acostumados e o símbolo Niceno-Constantinopolitano que é uma resposta pormenorizada do que o cristão tem como base de fé e por isso nas celebrações, onde o tema central são os grandes mistérios da nossa fé, ele é o credo mais utilizado e veja a pequena diferença entre eles.

Credo Tradicional:

Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir e julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

Credo (símbolo Niceno-Constantinopolitano):

Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso: criador do Céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só senhor, Jesus Cristo, Filho unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, consubstancial ao pai; por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus: e se encarnou pelo Espírito Santo no seio da virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as escrituras, e subiu aos céus, onde está à direita do Pai. E de novo há de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja Católica, uma, santa católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há de vir. Amém!

Um comentário:

tati disse...

oi
vivi adoro essa musica bem que vc poderia gravar ela pra mim ne
beijos